sexta-feira, 13 de março de 2009

PI

Um poema que eu fiz para a escola, para um concurso!

Espero que gostem!

Os matemáticos procuram
Sem parar, o fim do número
Porque ele é tão grande
Como um buraco sem fundo!

No entanto, já se sabe
Que o seu fim se vai encontrar
Porque os números não são constantes
Como se andava a pensar.

Já se obteve um valor
Que era pouco mais que 3
E foram os Egípcios
Que descobriram, dessa vez.

Num tratado indiano
Já disseram o resultado conseguir:
Diziam que 3.1416
Era o resultado do PI.

Um matemático francês
Lá conseguiu descobrir
Um Bilião de casas decimais
Depois de noites sem dormir.

O PI é um número bem grande
Ainda não foi determinado
Mas está-se a procurar
E um dia será achado!

3 Comments:

t i a g o . said...

Espero que ganhes alguma coisa no concurso, porque gostei muito! Está cómico, e conta bem a história do PI ^^

Tiago

Isa said...

Bom Dia! Bom fim de semana.
"Você" vem de vossa mercê.Ñ era falta de educação!
Curiosamente,tal como tu fazes,esse termo está implícito,mas ñ expresso.
Ex.trato pelo nome as pessoas,com
quem faço cerimónia,ñ dizendo você.
Deus me livrasse usar você...aos Amigos dos meus Pais. Tratava-os pelo apelido.O/Senhor tal ou a Senhora D.qualquer coisa.
O tempo alterou mta coisa.Tratei sp.os meus Pais por tu.Como os respeitava e como os AMO...
Obrigada pela tua visita.
Beijoo.
isa.

Leto of the Crows said...

Está giro ^^

Mas os números são claramente infinitos :P