segunda-feira, 23 de novembro de 2009

Amor

Eis um poema. Mais um.


amor


é olhar pela janela
e ver as tuas feições nas nuvens

é, quando fecho os olhos,
ver-me a tocar-te,
ver-me a beijar-te,
depois de dizer o "Sim"

sim!
não te abandonarei.
nunca.

verás:
serás meu rei
e eu, tua rainha.

3 Comments:

Kath said...

Eu gosto. Tem uma simplicidade bonita, gosto especialmente da exclamação.

Leto of the Crows said...

Eu também já disse que gostei, não disse? =D

Anne said...

Viste os anos há que aquilo foi escrito? É claro que se podia chamar assim, eu até gozo com isso xD Já pensei em apagá-lo, mas olha pronto, não consigo!