quarta-feira, 25 de novembro de 2009

Pensamento Contraditório

Mais uma vez, estive a pensar. A reflectir, melhor dizendo. Não liguem se eu estiver a escrever assim, é influência do livro que li ontem.

Factos:

  • Não gosto de aderir às massas e ler aquilo que "está na moda"
  • Não costumo, aliás, nunca fiz isso. Não no tempo de moda.
  • Fiz isso.

Foi hoje de manhã, quando decidi que não ia para a escola sem um livro. Costumo levar os livros que estou a ler na mochila, quando tenho aulas à tarde, para o caso de ter tempo de ler na hora de almoço, mas como ontem tinha acabado de ler um livro, provavelmente hoje não fazia isso.

Mas hoje de manhã, fui à prateleira do armário com os livros, e tirei... o Crepúsculo. O Crepúsculo! O livro de que ninguém pára de falar! A saga, aliás, ninguém pára de falar na saga. Ainda hoje, na escola, ouvi dois grupos a falarem do Diário da Bella, ou alguma coisa assim, e outro grupo de pessoas que falava de quando o Lua Nova saísse no cinema, acho eu.

O que é que me levou a ler? O meu irmão a convencer-me? Mais nenhum livro me estar a interessar, naquele momento, que estivesse na prateleira?

Ler o Crepúsculo... ainda nem acredito que fiz isto.



Mas que está a ser giro, está.

7 Comments:

Kath said...

Não é muito mau, apenas bastante lamechas. E não merece a atenção que lhe dão. 8D

Leto of the Crows said...

Concordo com a Sô Dona Kath! E depois... vá, o Edward até que é interessante xD

t i a g o said...

Espero que estejas a gostar, foi de uma leitura interessante para mim. Embora o tenha lido ANTES de ter entrado na moda.

Bonnie said...

É uma letura pacifica, mas cheia de amor e intrigas. Eu adorei bastante. Sabes qual é a minha maior desilusão?
- Saber que ninguém o leria se não tivesse saido o filme, acredita.
Não me guio por modas, aliás, nunca leio um livro quando está na moda. Porque pura e simplesmente todos mexericam sobre ele! Todos falam dele e não conseguimos tirar as nossas próprias conclusões no NOSSO tempo. Temos sempre influencias de fora.

Na minha turma aconteceu: Eu já tinha lido o livro há uns 4 meses, adorava aquilo mas começou toda a gente a falar e a mexericar e isso intrigou-me! Deixou de ser o meu preferido, para passar a ser o de Todos. Tinha deixado para trás o seu encanto. ^^

às vezes consigo ser egoísta... Mas só com as pessoas que se guiam pelas "modas".

Beijos, miuda!

PedroTavares said...

http://www.eco-gama.blogspot.com

Este é o projecto que anda a decorrer na minha escola. Precisamos de seguidores, de dinamizá-lo ainda mais. Se puderes apenas segui-lo, agradecíamos imenso! =)

Eu gostei do Crepúsculo... Aliás, adorei. Enfim.

Telma P said...

ainda nem o filme vi -.-'

obrigada plo comentario =)

bjinho

Pete said...

Antes de mais obrigado pela visita ao Crónicas do Pete. Aquele meu trecho, sobre o "Filho de Odin", tem dado azo a algumas injúrias, o que é triste, mas nada que me surpreenda. Quanto aos livros confesso que sou um apologista dos bons e velhos escritores; Kafka, Dostoiévski, Gabriel Garcia Márquez, José Saramago; deixando às vezes pouco espaço para as novas realidades. Mas sempre há quem me ofereça algumas novidades, e boas. Uma delas foi a "Catedral do Mar" de Ildefonso Falcones.